sexta-feira, 21 de agosto de 2009

- TAMAR

Filha do rei Davi, a bela princesa Tamar, ainda muito jovem, começa a sua trajetória repleta de abuso, traição e desilusão.

Tamar era muito bonita e isso, involuntariamente, seduziu o coração de seu irmão.

A história começa quando o príncipe Amnom se apaixonou por sua meia-irmã e começou a alimentar o seu coração com desejos proibidos em relação à Tamar.

2º Samuel 13. 2 - 4 diz que “Ele estava tão apaixonado, que até ficou doente. Amnon pensava que era impossível possuir a sua meia-irmã; ela era virgem e por isso não tinha o direito de se encontrar com nenhum homem. E Amnon foi tão atormentado que ele fez-se mal por causa de sua irmã Tamar e parecia impossível a Amnon fazer nada com ela. Mas Amnom tinha um amigo muito esperto, seu primo Jonadabe disse a Amnom: - Por que tu de dia em dia tanto emagreces, sendo filho do rei? Não mo farás saber a mim? Então lhe disse Amnom:

- “É que estou apaixonado por Tamar, a irmã de Absalão, o meu irmão por parte de pai”.

Amnom cultivou no coração um plano para estar com sua irmã paterna. Ele, com a ajuda de um "muito astuto" (v. 3) amigo, que pensou apenas nos interesses obscuros de Amnom, planejou com muito cuidado todos os detalhes. Ardilosamente, Amnom atraiu Tamar para uma armadilha.

Amnom fingiu estar doente para conseguir seus intentos com sua irmã, seguindo o conselho do amigo. A idéia era trazê-la para dentro de casa para que ela cozinhasse para ele. Quando surgisse uma oportunidade ele se aproveitaria da situação e agarraria a moça.

(vs. 5- 6) “Tornou-lhe Jonadabe: Deita-te na tua cama, e finge-te doente; e quando teu pai te vier visitar, dize-lhe: Peço-te que minha irmã Tamar venha dar-me de comer, preparando a comida diante dos meus olhos, para que eu veja e coma da sua mão.

Deitou-se, pois, Amnom, e fingiu-se doente. Vindo o rei visitá-lo, disse-lhe Amnom: Peço-te que minha irmã Tamar venha e prepare dois bolos diante dos meus olhos, para que eu coma da sua mão.

Davi simplesmente atendeu ao pedido de seu filho que estava “doente” e mandou que sua filha Tamar fosse para a casa do irmão e lhe servisse. Ambos eram filhos de Davi, porém de mães diferentes.

Na verdade ele não estava doente, mas apaixonado pela linda jovem, embora fosse sua irmã por parte de pai.

(vs. 9, 11, 12, 14). Tudo estava saindo como Amnom queria. Sua irmã já estava em sua casa e ele não via a hora de agarrá-la. Ele fez de tudo para ficar apenas com Tamar. Mandou que todos saíssem de casa e quando isso aconteceu ele partiu para cima da moça, chamando-a para deitar-se com ele. Amnom parecia estar queimando de desejos por Tamar. Ele a agarrou levando-a para a cama. Amnom não ouviu sua irmã que rejeitou sua proposta indecente e violentou-a. Literalmente ele a estuprou.

Foi uma vergonha para todos, especialmente para Tamar. Que sofrimento!

Depois acrescentou insulto ao seu pecado, recusando-se a recebê-la como esposa e expulsando-a de sua presença. A Bíblia diz que, depois de violentar a própria irmã, "era a aversão que sentiu por ela maior do que o amor com que a amara" (v. 15).

“Disse-lhe Amnom: Levanta-te, vai-te embora”. Então ela lhe disse: “Não, meu irmão; porque maior é esta injúria, lançando-me fora, do que a outra que me fizeste”. Porém ele não a quis ouvir. Chamou a seu moço que o servia e disse: “Deita fora esta e fecha a porta após ela” (VS. 16,17). “Pelo que Tamar, lançando cinza sobre a cabeça, e rasgando a túnica talar que trazia, pôs as mãos sobre a cabeça, e se foi andando e clamando.” (V. 19). Tamar foi vítima de dois tipos de violência. Primeiramente o estupro; em segundo lugar a rejeição. Foi um dia de humilhação e vergonha. A falta de autoridade de Davi sobre sua família fez Tamar se sentir mais abandonada ainda, quando não tomou uma atitude diante da tragédia. O final foi muito triste!

Tamar ficou angustiada por causa daquela situação e, desolada, foi morar na casa do seu irmão Absalão. (v.20). Absalão, dois anos depois, tomando as dores da irmã, se vingou, matando Amnom (v. 32 ).

O amor desses dois irmãos era tão grande e verdadeiro que Absalão a homenageou, colocando o nome de sua filha de Tamar.

6 comentários:

  1. Eu me chamo Tamar e moro em Uberaba e fiquei super triste por saber a históra da minha chará,mas foi bom saber que ela existiu.Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ehhh mesmo também me chamo Tamara e moro no morro Doce , Perus , fiqueii mto feliz em saber que Tamara era filha de Davi , mas porem triste com a Historia dela .

      Excluir
  2. infelismente até nos dias de hoje acontece estas coisas ,triste,vergonhoso e descontrolado.Porem creio que o Senhor Jesus tomará conta destes doentes descotrolados usado pelo satanas.

    ResponderExcluir
  3. espero em Deus que todas as mulheres que sofrem ou sofreram como Tamar possam achar em Deus refúgio...

    ResponderExcluir
  4. ...."O amor desses dois irmãos era tão grande que Absalão a homenageou dando a sua filha seu nome!
    Vejo que injustiça, falta de caráter, falta de competência, passar a mão na cabeça do filho que não presta é coisa bem, bem antiga mesmo. Pra mim isso é uma vergonha pra quem tinha como filosofia seguir os mandamentos de Deus!

    ResponderExcluir
  5. O mais engraçado é que o proprio DEUS e SEnhor lançou essa punição toda a DAVI por ele ter matado Urias e tomado Bethsabá como sua esposa. Até que ponto e culpa dos filhos essa barbarie se Deus mesmo já havia dito a DAVI que tudo ia acontecer assim antes anos antes....pelo erro do pai !!!

    ResponderExcluir